Violência deve ser combatida de forma intensiva, diz consultor

Violência deve ser combatida de forma intensiva, diz consultor.

Por: Agência Senado
Data de Publicação: 14 de maio de 2007

A violência no Brasil precisa ser combatida com medidas de curto, médio e longo prazos. A avaliação foi feita nesta segunda-feira (14) pelo consultor legislativo da Câmara dos Deputados, Sérgio Fernandes Senna Pires, que participou do debate “A Questão da Violência no Brasil Hoje”, promovido pelas Associações dos Consultores Legislativos e de Orçamento da Câmara (Aslegis) e do Senado (Alesfe).

Segundo Pires, a violência deve ser combatida de forma intensiva, com o emprego da repressão, o aumento da assistência social, o aprimoramento das ações de inteligência e a adoção de programas educacionais, entre outras iniciativas. Essas ações, segundo o consultor legislativo da Câmara, devem ser adotadas de forma intensiva, o que poderá favorecer todas as camadas da população.

O próximo debate promovido pelas associações será realizado nesta quinta-feira (17), às 17h30, sobre o tema Perspectivas e Desafios do Etanol. A discussão irá ocorrer no Plenário 10 da Câmara. No dia 24 deste mês, às 16h30, o tema do debate será Aquecimento Global: Desafios para o Brasil, em local a ser confirmado pelos organizadores.

O primeiro debate do ciclo foi realizado no dia 10 deste mês, sobre o tema Implicações da Emenda 3, assim denominado o dispositivo incluído na lei que criou aReceita Federal do Brasil (oriunda da junção da Secretaria da Receita Federal e da Secretaria da Receita Previdenciária), o qual limita a atuação da fiscalização sobre empresas que contratam profissionais sob a forma de pessoa jurídica.