Cadernos da Reforma Administrativa

Os Cadernos da Reforma Administrativa irão percorrer alguns dos principais aspectos que deveriam compor o centro de qualquer reforma, voltada à racionalização da estrutura estatal e à melhoria do desempenho institucional agregado do setor público brasileiro, medido este não apenas pelo critério rápido e fácil da eficiência do gasto público, mas principalmente pelos critérios da eficácia e efetividade da ação pública.

Clique abaixo e confira os Cadernos:

CADERNO 6 – GESTÃO E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NO SETOR PÚBLICO BRASILEIRO: ASPECTOS CRÍTICOS E DISCUSSÃO SOBRE AS PRÁTICAS CORRENTES
CADERNO 7 – GESTÃO DE PESSOAS E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NO SETOR PÚBLICO BRASILEIRO: CRÍTICA À PROPOSTA FISCAL-GERENCIALISTA DA REFORMA ADMINISTRATIVA E DIRETRIZES PARA UM MODELO DE ESTADO ORIENTADO À REFLEXIVIDADE, INOVAÇÃO E EFETIVIDADE
CADERNO 8 – LIBERDADE DE EXPRESSÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS: NOTA TÉCNICA N.1556 DA CGU E ASSÉDIO INSTITUCIONAL 
CADERNO 9 – APERFEIÇOAMENTO DAS NORMAS FISCAIS BRASILEIRAS
CADERNO 10 – ESSENCIALIDADE DO PLANEJAMENTO PÚBLICO E CAPACIDADE GOVERNATIVA NO BRASIL: APORIAS E UTOPIAS PARA UM MUNDO PÓS-PÂNDEMICO
CADERNO 11- A FUNÇÃO CONTROLE E BUROCRACIA PROFISSIONALIZADA NO CONTEXTO REFORMISTA 
CADERNO 12 – ASSÉDIO INSTITUCIONAL NO SETOR PÚBLICO E O PROCESSO DE DESCONSTRUÇÃO DA DEMOCRACIA E DO REPUBLICANISMO NO BRASIL
CADERNO 13 – EXAME CRÍTICO DA PEC 32/2020: DEVER CONSTITUCIONAL DE PROTEÇÃO DA SEGURANÇA JURÍDICA

Fonte: FONACATE

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 2 =